Home > Investigação > Transcritómica > Bursaphelenchus xylophilus
POINTERS – Interações entre o nemátode-da-madeira-do-pinheiro e a árvore hospedeira: procura de abordagens sustentáveis para a gestão da doença da murchidão do pinheiro.
Utilização de ferramentas ómicas comparativas para elucidar a patogenicidade do nemátode da madeira-do-pinheiro.
Transcriptómica e proteómica no estudo da base molecular da patogenicidade de Bursaphelenchus xylophilus

O nemátode-da-madeira-do-pinheiro (NMP), Bursaphelenchus xylophilus, o agente causal da doença da murchidão do pinheiro, é considerado uma ameaça aos ecossistemas florestais. A sua patogenicidade não está completamente esclarecida e são necessárias estratégias inovadoras e holísticas para compreender o processo de infeção. A proteómica é uma ferramenta poderosa para ajudar a compreender as vias metabólicas envolvidas na patogenicidade do nemátode e na resistência da árvore. Sabe-se que as proteínas secretadas pelo NMP são cruciais para a sua patogenicidade mas é importante investigar o secretoma do nemátode em espécies de pinheiro com suscetibilidades diferentes e e o proteoma de pinheiros infectados. O conhecimento dos elicitadores como ativadores das defesas da árvore pode adicionalmente contribuir para identificar as vias metabólicas envolvidas na resistência. Este projeto multidisciplinar irá permitir esclarecer a natureza e as funções das proteínas de patogenicidade do NMP e dos mecanismos de resistência das árvores, e permitirá desenvolver estratégias sustentáveis e práticas baseadas em elicitadores para a gestão da doença da murchidão do pinheiro. Este projeto reúne equipas da Universidade de Coimbra, Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra e Universidade Católica Portuguesa.

Facebook LinkedIn Twitter © 2018 Genoinseq . mapa do site powered by Ponto.C | webdesign by Walk